Herbicida pode ser alternativa ao glifosato

Um herbicida orgânico não seletivo, que se encontra nos estágios iniciais do desenvolvimento comercial, poderia ter o potencial de abordar alguns dos problemas de resistência de ervas daninhas enfrentados pelo glifosato. De acordo com os desenvolvedores, o Nontox é um defensivo não-tóxico que pode combater todas a ervas daninhas resistentes ao glifosato. 

De acordo com o diretor executivo da Nontox, empresa criadora e que dá o nome ao produto, John Rivett, o novo produto foi feito a partir de uma “receita secreta”, que mistura minerais comumente conhecidos e encontrados. O pronunciamento foi conduzido durante o 400M Ag e Foodn Inovation Forum, na Austrália.  

“Eles são moídos em um pó muito fino e misturados com uma pequena quantidade de água para fazer uma pasta. Quando fizemos a pasta, há uma reação com alguns dos materiais que produzem outra reação com exotérmica que cria calor e manipula as moléculas de um composto para o outro. É quase impossível fazer engenharia reversa quando a água é colocada nela”, comenta. 

Segundo ele, a empresa recebeu o apoio do Departamento das Indústrias Primárias de New South Wales (NSW DPI). “No decorrer do tempo teremos que divulgar os componentes exatos para colocar nos rótulos em certas jurisdições. Então, tomamos a precaução de solicitar uma patente para a nova mistura”, comenta. 

“O resultado é que o produto provou que pode matar todas as ervas daninhas que testamos até agora. Durante os testes, o DPI afirmou que havia vinte e seis ervas daninhas na Austrália que agora são resistentes ou tolerantes ao glifosato, e em todos os testes até agora nosso produto as matou na primeira aplicação”, conclui.

Fonte: AgroLink