Informação de qualidade para arrancar bem na safra de verão

Levar informação de qualidade até o produtor para que ele possa acertar na tomada de decisão quanto ao manejo das lavouras e também a condução do seu negócio é prioridade na Cotrijal. Em 2017, por exemplo, só a área de Produção Vegetal organizou 207 eventos, desde palestras a dias de campo e seminários, com esse propósito, envolvendo 11.211 produtores.
Visando um melhor planejamento da próxima safra de soja, a Cotrijal iniciou no dia 6 de junho rodada de palestras com foco no manejo de pragas e de doenças. A ação faz parte do Programa Monitora e pretende abranger produtores dos 32 municípios da área de ação da cooperativa.
A palestra sobre pragas é conduzida pelo pesquisador Juliano Farias, do Instituto Phytus. As orientações sobre o manejo de doenças estão a cargo do pesquisador Lucas Navarini, do Instituto Federal do Rio Grande do Sul, campus Ibirubá.
A realização das palestras facilita a difusão das informações, segundo o gerente de Produção Vegetal, Juliano Recalcatti, e proporciona a atualização do produtor quanto às práticas indicadas pela pesquisa que podem levar ao melhor resultado. “Não podemos mais pensar uma safra de forma isolada, mas o sistema de produção como um todo e o objetivo é que o produtor, de posse dessas informações, converse com o seu assistente técnico e planeje a melhor estratégia para que, independente do clima, esteja preparado para conduzir o manejo de forma eficiente no caso de aparecimento de pragas e doenças”, explica.
Cronograma
Até agora já foram três palestras. O roteiro começou dia 6 de junho, em Mato Castelhano. E nesta semana, dia 12 de junho, a palestra ocorreu em Esmeralda, envolvendo também produtores de Pinhal da Serra, e no dia 13 de junho, em Coxilha.
Confira as demais datas agendadas. Mais informações podem ser obtidas junto às unidades de Negócios da Cotrijal.
26/6 – Clemente Argolo (Lagoa Vermelha)
27/6 – Ciríaco (Cruzaltinha)
28/6 – Estação
10/7 – Passo Fundo
11/7 – Sananduva (Três Pinheiros)
12/7 – Lagoa Vermelha, envolvendo também produtores de Capão Bonito do Sul
17/7 – Tapejara
18/7 – Charrua
19/7 – Muitos Capões
24/7 – Erechim (Capo Erê)
25/7 – Sertão
31/7 – Vila Lângaro
1/8 – Água Santa
7/8 – Caseiros
8/8 – Ernestina
14/8 – Nicolau Vergueiro
15/8 – Saldanha Marinho
21/8 – Coqueiros do Sul (Igrejinha)
22/8 – Carazinho
28/8 – Santo Antônio do Planalto
29/8 – Almirante Tamandaré do Sul
4/9 – Lagoa dos Três Cantos
5/9 – Vista Alegre (Colorado)
11/9 – Tio Hugo
12/9 – Victor Graeff
18/9 – Colorado
25/9 – Não-Me-Toque