Leite: FPA estuda como diminuir impacto causado pelo fim de medidas antidumping

A Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) estuda alternativas para minimizar o fim das tarifas antidumping para o leite da União Europeia e da Nova Zelândia. O anúncio foi feito pelo presidente da bancada, deputado federal Alceu Moreira (MDB-RS), nesta quinta-feira, dia 7.A suspensão das taxações foi publicada no Diário Oficial da União na quarta-feira, dia 6. A decisão preocupa o setor leiteiro já que os dois países são dois dos maiores exportadores do mundo.De acordo com a Associação Brasileira dos Produtores de Leite (Abraleite), o Brasil possui 1,17 milhão de propriedades rurais dedicadas à pecuária leiteira. A decisão, segundo a entidade, pode trazer graves prejuízos a pequenos, médios e grandes produtores, cooperativas e pequenos laticínios.

O tema será a principal pauta da reunião da FPA na próxima terça-feira, dia 12. Moreira afirma ainda que as consequências podem ser intransponíveis para o setor.

Fonte: Canal Rural

Conteúdo Relacionado