Bélgica estreia bem e goleia o Panamá pelo Grupo G

Bélgica e Panamá entraram em campo às 12h, na abertura do grupo G. A Bélgica é uma das seleções da qual mais se espera uma boa Copa do Mundo.

Hazard, Mertens, De Bruyne, Lukaku, além do goleiro Courtois, são destaques nos clubes onde jogam. Em 2014, a Bélgica foi barrada pela Argentina nas quartas-de-final, mas neste Mundial quer ir mais longe. E começou bem a caminhada.

Enfrentando um Panamá que é estreante em copas, a Bélgica desde o inicio atacou os panamenhos e dominou as ações da partida. O Panamá não conseguia ficar com a bola no campo de ataque. Enquanto isso, a Bélgica trocava passes perto do meio-campo esperando pintar alguma brecha na defesa.

Em uma destas tentativas, o espaço surgiu com a habilidade de um dos melhores jogadores da seleção belga. No primeiro minuto do segundo tempo, Mertens, atacante do Napoli, tentou cruzar para Lukaku e Torres afastou, a bola voltou para o atacante, que acertou um belíssimo chute sem pulo, pela direita da área, sem chances para Penedo.

Aos 23 minutos, o segundo gol veio. Mesmo errando muitos passes, De Bruyne recebeu de Hazard e acertou um cruzamento maravilhoso de três dedos pela esquerda. O maior artilheiro da história da Bélgica, Lukaku, deu um peixinho e mandou para a rede.

Seis minutos depois, mais um do camisa 9 belga em grande jogada coletiva. De Bruyne roubou a bola na defesa e deixou com Hazard, que puxou um contra-ataque fulminante e achou Lukaku mais aberto pela esquerda. Penedo demorou a sair do gol, e Lukaku alcançou a bola com um toquinho encobrindo o goleirão.

O Panamá até tentou respirar um pouco, trocando passes na defesa, mas a Bélgica seguiu pressionando e saiu com uma grande vitória. Fim de partida: 3×0. Será que agora a ótima geração belga deslancha?

Escalações

Bélgica: Courtois; Alderweireld, Boyata e Vertonghen; Meunier, De Bruyne, Witsel (Chadli) e Carrasco (Dembélé); Mertens (Thorgan Hazard), Eden Hazard e Lukaku. Técnico: Roberto Martínez. 

Penedo; Murillo, Román Torres, Escobar e Davis; Gabriel Gómez, Cooper, Godoy e Bárcenas (Gabriel Torres); José Rodríguez (Ismael Díaz) e Blas Pérez (Tejada). Técnico: Hernán Gomez.

Fonte: Rádio Uirapuru

Conteúdo Relacionado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.