Com dois gols de Harry Kane, Inglaterra vence Tunísia pelo Grupo G

A bola rolou em Volgogrado a partir das 15h para o jogo entre Inglaterra e Tunísia. Na Copa de 2014, os ingleses não ganharam nenhuma partida, conseguindo apenas um ponto no grupo e não avançando para as oitavas.

Na Rússia, a Inglaterra deposita suas esperanças em uma nova geração, que parecia que iria repetir a antiga geração e decepcionar em sua estreia na Copa do Mundo, o que não aconteceu, apesar do sufoco contra a Tunísia.

Com média de idade de 26 anos e 18 dias, a Inglaterra tem o terceiro elenco mais jovem da Copa (atrás apenas de Nigéria e França), e a falta de experiência ficou evidente: o começo foi excelente, com gol logo aos 10 minutos (de Harry Kane, 24 anos), mas, após pênalti tolo de Walker e o empate da Tunísia (gol de Sassi), alguns dos principais jogadores da Inglaterra simplesmente sumiram em campo, como Sterling (23 anos) e Dele Alli (22), sentindo a pressão de um estádio com muitos russos torcendo pelos africanos.

Coube a Harry Kane, que não fazia boa atuação, mostrar seu oportunismo e fazer, de cabeça, o gol da vitória nos acréscimos, em cobrança de escanteio que teve o desvio de Maguire.

No outro jogo do grupo, ocorrido mais cedo, a Bélgica venceu o Panamá por 3 a 0.

Escalações 

Inglaterra: Pickford; Walker, Stones e Maguire; Trippier, Henderson, Young, Lingard (Dier) e Alli (Loftus-Cheek); Sterling (Rashford) e Kane. Técnico: Gareth Southgate.

Tunísia: Hassen (Ben Mustapha); Ben Youssef S., Bronn, Maaloul e Meriah; Skhiri, Badri e Sassi; Ben Youssef F., Khazri (Saber Khalifa) e Sliti (Ben Amor). Técnico: Nabil Maaloul.

Fonte: Rádio Uirapuru

Conteúdo Relacionado