Suíça vence Sérvia de virada e deixa grupo do Brasil embolado

A partida teve dois tempos distintos, com a Sérvia melhor na etapa inicial e a Suíça, na final. Com uma boa atuação de Mitrovic, os sérvios ficaram na frente do placar e poderiam ter aumentado, perdendo boas oportunidades. Já no segundo tempo, os suíços entraram mais ligados e mais organizados em campo. Com Shaqiri e Xhaka inspirados, a seleção conseguiu a virada nos acréscimos.

Shaqiri, inclusive, foi o grande nome da partida. O camisa 23, que além de ter marcado o gol decisivo e participado da jogada em que Xhaka marcou, foi o grande maestro da equipe suíça e organizou todas as jogadas que levaram perigo ao gol sérvio.

Com essa vitória da Suíça, o Grupo E ficou embolado. O Brasil lidera, com os mesmo quatro pontos dos suíços, mas leva vantagem no saldo de gols. Já a Sérvia, fica com três. Porém, na última rodada encara a seleção brasileira. Uma vitória, a classifica. Já a Suíça encara a eliminada Costa Rica e pode até empatar para se garantir nas oitavas de final.

A rodada decisiva do Grupo E acontece na próxima quarta-feira, às 15h (horário de Brasília). O Brasil encara a Sérvia, em Moscou, e a Suíça enfrenta a Costa Rica, em Nizhny Novgorod.

Escalações 

Sérvia: Stojkovic; Ivanovic, Milenkovic, Tosic e Kolarov; Milivojevic (Radonjic), Matic, Milinkovic-Savic, Kostic (Ljajic) e Tadic; Mitrovic. Técnico: Mladen Krstajic.

Suíça: Sommer; Lichtsteiner, Schär, Akanji e Ricardo Rodríguez; Behrami, Xhaka, Dzemaili (Embolo), Zuber (Drmic) e Shaqiri; Seferovic (Gavranovic). Técnico: Vladimir Petkovic.

*GE

Conteúdo Relacionado