Médico afirma: corpo foi feito para estar em movimento e exercícios são a melhor forma de prevenção para doenças

Dores nas costas afastaram mais de 83,8 mil pessoas de postos de trabalho em 2017, segundo a Secretaria da Previdência do Ministério da Fazenda, ficando em segundo lugar no ranking das doenças mais frequentes entre os auxílios-doença concedidos pelo INSS.

Dados dão conta que pelo menos 70% da população com 40 anos tem ou já teve problemas de dores na coluna. De acordo com o médico cirurgião Fernando Lauda, dores nas costas são semelhantes a resfriados, pelo menos uma vez na vida a pessoa acabará tendo. O médico explicou que até os 20 anos as pessoas desenvolvem sua musculatura e com o tempo acabamos sempre fazendo os mesmos movimentos para frente.

Chega um momento em que o indivíduo acaba ficando mais forte na parte anterior do que nas posteriores. Segundo o cirurgião, entre os 38 e 42 anos aumenta a possibilidade do desiquilíbrio muscular. O médico alertou que as pessoas devem entender que todos devemos fazer exercícios físicos e reforçar a postura da coluna.

O médico explicou que o corpo foi feito para ser mantido em movimento, assim como o cérebro que foi criado para ser mantido em pensamento.

Fonte: Rádio Uirapuru