Guaidó cruza fronteira e vai a show humanitário na Colômbia

O líder da oposição Juan Guaidó, reconhecido por 50 países como presidente interino da Venezuela, chegou nesta sexta-feira ao show realizado no lado colombiano da fronteira, apesar de uma ordem de justiça de Chávez que o impedia de deixar o país.

Guaidó foi visto de camisa branca, cercado por policiais e erguendo o punho. Guaidó se reuniu com o presidente colombiano Iván Duque.

Guaidó se encontrou com o presidente colombiano, Iván Duque, perto do palanque, onde acontece desde cedo um show em favor da entrada de ajuda à Venezuela.

Na quinta-feira, Guaidó saiu de Caracas em comboio em direção à fronteira, um dos pontos de onde se pretende coordenar a entrada de toneladas de ajuda doadas pelos EUA e seus aliados para aliviar a grave crise no país rico em petróleo.

O presidente Nicolás Maduro se opõe a essa operação, afirmando que se trata de um pretexto para o início de uma “invasão militar” liderada por Washington.

Até o momento não se sabe se Guaidó entrou com a ajuda de alguma autoridade ou se ele o fez por travessias ilegais ao longo da fronteira de 2.200 km que divide os dois países.

Guaidó convocou manifestações no sábado para acompanhar as caravanas que inicialmente tentariam retirar a ajuda armazenada na cidade fronteiriça de Cúcuta.

Fonte: Exame

Conteúdo Relacionado