Corpo de adolescente que foi morta dentro de casa em Carazinho é sepultado

O corpo de uma adolescente assassinada na quinta-feira (21) em Carazinho, no Norte do Rio Grande do Sul, foi enterrado nesta sexta (22). A adolescente Clara Rodrigues Souza, de 16 anos, foi atacada dentro de casa. A polícia ainda não tem suspeitos.

“Não tem explicação como entraram, não tinha arrombamento. Não tem alma, não tem coração uma pessoa assim para fazer um horror desses”, afirma a irmã de Clara, Jéssica Rodrigues de Souza.

No momento do crime, Clara estava sozinha na casa, onde morava com a mãe e o irmão. Ela foi encontrada gravemente ferida por uma vizinha que passava pelo local e ouviu o pedido de socorro. A adolescente chegou a ser encaminhada para o hospital, mas não resistiu.

Segundo a polícia, Clara foi espancada e ferida com golpes de faca e um pedaço de espeto. Ainda não há suspeitas do que motivou o crime.

“Até o momento, a gente está trabalhando com a linha de investigação pensando ser um homicídio, até porque nada foi levado da residência. Nada nos foi relatado até agora e estamos trabalhando nessa linha atrás de mais testemunhas que possam ter presenciado alguma coisa e colaborar com as investigações”, afirma a delegada Heládia Cazarotto.

A família, inconformada com a situação, deseja justiça. “O que fizeram com ela não pode ficar assim. Eu espero realmente que prendam e que façam o que tem que ser feito porque a minha irmã hoje se foi, mas se não prender, não vai ser só ela, amanhã pode ser outro”, desabafa Jéssica.

Fonte: G1