Lar de Idosos é interditado após constatação de maus tratos em Passo Fundo

A casa de acolhimento de idosos Doce Lar, que é particular, foi fechada na tarde desta sexta-feira (22) durante uma ação do Ministério Público e fiscais da Vigilância Sanitária de Passo Fundo. O motivo, conforme o órgão, é uma série de irregularidades flagradas após diversas denúncias, principalmente pelo crime de maus tratos.

A casa funcionava na Avenida Moacir da Motta Fortes no bairro Vera Cruz e, conforme a vigilância, tinha número insuficiente de funcionários, não tinha elevador, além de condições inadequadas de higiene, entre outros.

A casa foi notificada e teve um prazo para encaminhar os últimos 5 idosos mantidos para os familiares providenciarem um novo local. Após o prazo, a vigilância descobriu que a proprietária enviou os idosos para uma casa sem o preparo para este fim.

Trata-se de um imóvel localizado no beco da Rua Ariovaldo dos Santos no bairro Leão XIII. No momento em que as equipes chegaram, foram encontrados os cinco idosos, sendo que um deles estava amarrado. Na casa não tinha medicamentos, receituários e nem equipamentos para higiene.

Conforme o promotor Denilson Belegante, que acompanha o caso, a residência na Avenida Moacir da Motta Fortes na Vera Cruz não tinha a menor condição de manter os idosos no local. Inclusive, no ano de 2017 uma idosa morreu após o elevador despencar devido o rompimento dos cabos de aço. As investigações sobre o caso tramitam na 2ª Delegacia da Polícia Civil.

O promotor explicou que, criminalmente, a responsável pela casa poderá ser indiciada pelo crime de maus tratos. No momento eles foram encaminhados para outras casas de acolhimento.

Fonte: Rádio Uirapuru

Conteúdo Relacionado