Dia de voltar às aulas e rever amigos e professores

A segunda-feira foi dia de começos e recomeços para os alunos das escolas municipais de Passo Fundo. O primeiro dia de aula do ano letivo de 2019 foi marcado por escolas coloridas, acolhida e apresentações. Em cada uma das escolas da rede as equipes diretivas, professores e funcionários elaboraram atividades especiais de recepção aos alunos.

“Existem momentos que marcam a vida de cada pessoa: o reencontro com os colegas no primeiro dia de aula é certamente um desses. A expectativa, ansiedade, o desejo de brincar com os colegas e de receber um abraço do professor, são momentos que o aluno leva para toda vida. Isso demonstra que um dos principais objetivos da escola pública é receber de braços abertos e com um sorriso largo todos os alunos que aguardaram ansiosamente o reinício das aulas. Parabéns professores pela acolhida dos nossos alunos e que sejam todos bem-vindos ao ano letivo 2019!”, destaca o secretário de Educação, Edemilson Brandão.

E essa magia do reencontro foi vivenciada em todas as escolas. E para alguns alunos, a ansiedade da espera foi grande, como para Luís Augusto Gonçalves, aluno do quarto ano da Escola Municipal de Ensino Fundamental Zeferino Demétrio Costi: “eu estava muito ansioso, porque um tenho um monte de amigos aqui e eu já não conseguia dormir de noite. Eu estava com muita saudade das prôs, dos colegas, porque eles são muito legais e eu queria brincar com eles, fazer de tudo, que eu gosto de desenhar, de pintar. E este ano eu espero ler mais e fazer mais amigos”, conta.

A expectativa para o novo ano letivo também é grande para a colega do Luís, a Maria Eduarda. Ela espera do novo ano muitas novidades e aprendizado. “Espero fazer mais amigos este ano, espero que eu leia mais. E também espero que a minha escola, que já é muito boa, fique ainda melhor. E quero muito aprender coisas novas”, salienta a aluna.

Deram início ao ano letivo nesta segunda-feira mais de 16 mil alunos das escolas de ensino fundamental e educação infantil, distribuídas em mais de 70 escolas e aos cuidados de cerca de 1.200 professores.

Fonte: Rádio Uirapuru

Conteúdo Relacionado